Seja bem-vindo(a) !


Bem Vindos - Recados Para Orkut

sábado, 30 de maio de 2009

PROJETO HORTA ESCOLAR

A horta escolar tem como foco principal integrar as diversas fontes e recursos de aprendizagem, integrando ao dia a dia da escola gerando fonte de observação e pesquisa exigindo uma reflexão diária por parte dos educadores e educandos envolvidos.
O projeto Horta Escolar visa proporcionar possibilidades para o desenvolvimento de ações pedagógicas por permitir práticas em equipe explorando a multiplicidade das formas de aprender.

Objetivos:

Valorizar a importância do trabalho e cultura do homem do campo;
Identificar técnicas de manuseio do solo e manuseio sadio dos vegetais;
Conhecer técnicas de cultura orgânica;
Estabelecer relações entre o valor nutritivo dos alimentos cultivados;
Compreender a relação entre solo, água e nutrientes;
Identificar processos de semeadura, adubação e colheita;
Conhecer pela degustação os diferentes alimentos cultivados bem como nomeá-los corretamente;
Cooperar em projetos coletivos;
Buscar informações em diferentes fontes de dados para propor avanços a desenvolvimento de técnicas;
Análise e reflexão sobre prejuízos dos desperdícios alimentares;
Compreender a importância de uma alimentação equilibrada para a saúde;

Instalação e Manejo da Horta

A escolha do local está vinculada a disponibilidade de sol, água, condições de terreno e proteção de ventos fortes e frios. Poderá ser implementada em área retangular, cercada com alambrado e com um portão de acesso. Deve-se observar que o acesso das crianças a horta não deve oferecer risco algum de acidentes.

Critérios para escolha do local para implantação da Horta

Local Ensolarado: as hortaliças são plantas de crescimento rápido, mas precisam de muita luz para crescerem sadias e rapidamente.

Local próximo à água: água de boa qualidade e abundante é muito importante para a horta.

Terreno bem drenado: as raízes das hortaliças respiram em terrenos compactados ou encharcados a quantidade de ar disponível no solo é insuficiente para a respiração das raízes, atrasando o crescimento e ocasionando em muitos casos o aparecimento de doenças nas raízes.

Composição do solo: analisando o solo, encontramos 4 elementos (argila, areia, a e matéria orgânica).

Local protegido: mesmo as plantas que vegetam na época fria, não apreciam ventos fortes e frios: o vento além de estragar folhas e frutos, aumenta muito o consumo de água.


Materiais necessários

Os materiais básicos definidos para um manejo adequado são:

§ Ancinho – utilizado para nivelar o terreno e retirada do mato capinado
§ Colher de Jardineiro – utilizado em operações de transplante de plantas
§ Enxada – usada para misturar adubos, terra e nas capinações.
§ Garfo – coleta de mato e folhagem
§ Regadores de diferentes tamanhos permitindo manuseio das crianças
§ Sacho – para aforamento da terra a capina entre linhas de plantas.

Semeadura ou Plantio

1) Sementeira – A sementeira pode ser de material reutilizável. Como regra, a profundidade das sementes das hortaliças a serem semeadas dependerá do tamanho da semente. A sementeira deve ser previamente umedecida e ser mentida úmida com regas pela manhã e tarde.


2) Transplante – O transplante é feito após as mudas apresentarem 4 a 6 folhas. Observar que a sementeira deverá ser molhada para a retirada das mudas.



Seleção de Hortaliças para Plantio

Classificação segundo o consumo (alguns exemplos):

a) Hortaliças Folhas – alface, almeirão, couve, chicória, repolho, acelga;
b) Hortaliças Frutos – tomate, berinjela, pimentão, pepino, quiabo, abobrinha;
c) Hortaliças Flores - couve flor, brócolos, alcachofra;
d) Hortaliças Raízes – cenoura, beterraba, rabanete, nabo;
e) Hortaliças Condimentos – alho, cebolinha, salsa, coentro.


Manejo da Horta

Serão levadas a efeito no manejo da horta:

* Irrigar diariamente observado o melhor horário para sua efetivação;
* Retirar plantas invasoras;
* Afofar a terra próxima ás mudas;
* Completar nível de terra em plantas descobertas;
* Observar fitossanidade da horta (insetos e pragas, fungos, bactérias e vírus);

Colheita e Higienização

A colheita será feita obedecendo ao período de maturação das hortaliças. Será realizada a higienização com auxílio das merendeiras.

Consumo

A colheita após higienização será servida como parte da merenda escolar reforçando a alimentação das crianças e proporcionando maior variedade nas opções presentes.





SUGESTÃO PARA PESQUISA COM OS PAIS

Esta atividade visa envolver a participação dos pais no projeto, possibilitando aos professores uma visão geral dos hábitos de seus alunos


Nome do aluno: idade
Turma
Pesquisa:
Data:

1)Seu filho come legumes ou verduras regularmente?
( ) sim ( )não

2)Escreva seis preferências de seu filho
1)
2)
3)
4)
5)
6)

3)Você como pai ou responsável, acredita ser importante o Projeto Horta Escolar em nossa escola?
( )sim ( ) não
Por quê?


Assinatura do pai ou responsável -


SUGESTÃO PARA PESQUISA - RESUMO POR SALA DE AULA

Esta atividade visa envolver a participação dos pais no projeto, possibilitando aos professores uma visão geral dos hábitos de seus alunos.


Professor número de alunos
Turma
Data:

Números de alunos em contato com a horta -
Hortaliças que mais gostam:
1)
2)
3)

Hortaliças que as crianças não apreciam:

1)
2)
3)

Atividades na horta que seus alunos mais apreciam:
( ) rega
( ) plantio
( ) retirada de pragas
( ) outras



Informações importantes:

Tomate

Vitamina A,C E e Ferro, Potássio
Maior resistência aos vasos sangüíneo, combate a infecções
Cenoura

Vitamina A, vitaminas do complexo B, cálcio, fósforo
Regula o aparelho digestivo, purifica a bile e fortalece a pele
Cebolinha

Cálcio, ferro, niacina
Estimula o apetite, ajuda na formação de ossos e dentes
Abobrinha

Cálcio, ferro, vitaminas do complexo B e fósforo
Contra a fadiga mental, ajuda na formação de glóbulos vermelhos
Salsa

Ferro, vitamina A
Diurético, revitalizante
Alface

Ferro, cálcio, niacina, vitamina C
Combate insônia, ajuda na cicatrização dos tecidos
Almeirão

Vitaminas do complexo B e vitamina A
Protege a pele
Beterraba

Vitamina C, açúcar, vitamina do complexo B e vitamina A
Laxante, combate anemia e descongestionante das vias urinárias
Couve

Ferro, Vitamina A, cálcio,fósforo
Tônico, cicatrizante, estimulante do fígado
Repolho

vitamina A e C
Combate infecções, depurativo do sangue, estimula a produção de hormônios
Rúcula

Iodo, vitamina A e C
Cambate a fadiga, depura o sangue
Manjerona

Sais Minerais
Estimula a eliminação de muco nas vias respiratórias
Erva Cidreira

Sais Minerais
Tonico nervoso, combate cólicas intestinais
Hortelã

Sais Minerais
Analgésico, vermífugo,
Brócolis

Sais minerais
Flatulência, cólicas abdominais, diarréia
Espinafre

Vitamina A, tianina, potássio, ferro
Combate a desnutrição, manchas na pele e diabete
Berinjela

Sais minerais sódio, vitamina A
Antioxidante, baixa colesterol atua no fígado e


COMBATE AS PRAGAS - SOLUÇÕES PRÁTICAS E BARATAS


Chá de Sabugueiro

Ferver 300g de folha em 1 litro de água
Pulverizar
Controla pulgões
Solução Água e sabão

50g de sabão picado em 5 litros de água. Ferver
Pulverizar depois de esfriar
Controla pulgões e cochonilha
Gergelim

Providenciar um caminho de gergelim em volta do canteiro
Controla formigas, pois mata o fungo do qual se alimentam.
Suco de Pimenta

Fazer suco de pimentas vermelhas e água
Pulverizar
Controla formigas cortadeiras
Leite de Vaca

Usar puro
Pulverizar puro nas plantas controla o oídio em abóboras
Soro de Leite

Usar puro
Pulverizar
Controla ácaros
Macerado de Camomila

Imergir um punhado de flores em água por 2 dias
Pulverizar
Controla doenças fúngicas
Macerado de Cebola

1 kg de cebola em 10 l de água, deixar curtir por 2 dias
Diluir na proporção de 1:3 - Pulverizar
Controla lagarta e pulgões
Cobertura com casca de arroz

Utilizada como cobertura morta entre as plantas
Controla pulgões e moscas brancas
Macerado de manjericão

1 kg de manjericão em 1 l de água por 1 hora em descanso
Diluir na proporção 1:3
Controla besouros
Coentro

Cozinhar folhas de coentro em 2 l de água
Diluir na proporção de 1:3
Controla ácaros e pulgões



REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS:



Corrêa, Anderson Rodrigues – Plantas medicinais: do cultivo, á terapêutica, Petrópolis, RJ: editora Vozes, 1998.

Horta Escolar, Secretaria de Educação, Cultura e Esportes – Prefeitura Municipal de Jundiaí, 2003.

AUTORIA: Maria Inês S. C. Neves - agosto de 2006

Retirado do grupo:http://groups.google.com/group/sugestaodeatividadeescolar

4 comentários:

  1. este projeto é muito interessante.e iniciativa feito essa que as nossas escolas estao necessitando.trabalho numa escola rural e pretendo implantar um projeto de horta dentro do projeto maior "educaçao ambiental.

    ResponderExcluir
  2. Gostei muito do projeto, pois além de apresentar a parte teorica também apresentou práticas.... Parabéns

    ResponderExcluir
  3. este projeto nos ajuda muito, no trabalho da escola. parabens.

    ResponderExcluir
  4. excelente projeto, poderá ser utilizado com as comissões de meio ambiente-COM-VIDAS

    ResponderExcluir