Seja bem-vindo(a) !


Bem Vindos - Recados Para Orkut

quinta-feira, 22 de agosto de 2013

O que é folclore?

O que é Folclore?

No dia 22 de agosto, comemora-se o folclore. Podemos definir o folclore como um conjunto de mitos e lendas
 que as pessoas passam de geração para geração. Muitos nascem da pura imaginação das pessoas, principalmente dos moradores das regiões do interior do Brasil.
Muitas destas histórias foram criadas para passar mensagens importantes ou apenas para assustar as pessoas.
Muitos deles deram origem à festas populares, que ocorrem pelos quatro cantos do país.
CADA REGIÃO E CIDADE, POSSUEM SUAS LENDAS, MITOS, MÚSICAS E TRADIÇÕES, QUE FAZEM PARTE DO SEU ACERVO FOLCLÓRICO.

O folclore é uma manifestação baseada em conhecimento popular que tem múltiplas expressões: cantigas de rodas, brincadeiras, canções de ninar, jogos, remédios caseiros, culinária, mitos, lendas e parlendas.As atividades folclóricas são muito importantes para manter a tradição e a unidade de um povo. Além disso, o acesso da criança a esse universo propicia também o desenvolvimento da imaginação, da fantasia e da ludicidade.
CANTIGAS DE RODAS


Alguns exemplos de cantigas de roda:

Caranguejo
Caranguejo não é peixe
Caranguejo peixe é Caranguejo não é peixe
Na vazante da maré.
Palma, palma, palma, Pé, pé, pé Caranguejo só é peixe, na vazante da maré!
Ciranda

Ciranda, cirandinha, vamos todos cirandar, vamos dar a meia-volta, volta e meia vamos dar
O anel que tu me deste era vidro e se quebrou
O amor que tu me tinhas era pouco e se acabou
Por isso, D. Fulano (SUBSTITUIR pelo nome da criança) entre dentro dessa roda
Diga um verso bem bonito, diga adeus e vá-se embora
A ciranda tem tres filhas
Todas tres por batizar
A mais velha delas todas Ciranda se vai chamar
Escravos de Jó
Escravos de Jó Jogavam caxangá
Tira, bota, deixa o Zé Pereira ficar.
Guerreiros com guerreiros fazem zigue zigue zá
Guerreiros com guerreiros fazem zigue zigue zá.
A linda rosa juvenil

A linda Rosa juvenil, juvenil, juvenil
A linda Rosa juvenil, juvenil.
Vivia alegre no seu lar, no seu lar, no seu lar
Vivia alegre no seu lar, no seu lar.
Mas uma feiticeira má, muito má, muito má
Mas uma feiticeira má, muito má.
Adormeceu a Rosa assim, bem assim, bem assim
Adormeceu a Rosa assim, bem assim
Não há de acordar jamais, nunca mais, nunca mais
Não há de acordar jamais, nunca mais.
O tempo passou a correr, a correr, a correr
O tempo passou a correr, a correr.
E o mato cresceu ao redor, ao redor, ao redor
E o mato cresceu ao redor, ao redor.
Um dia veio um belo rei, belo rei, belo rei
Um dia veio um belo rei, belo rei.
Que despertou a Rosa assim, bem assim, bem assim
Que despertou a Rosa assim, bem assim.(a última estrofe tem 3 versões diferentes para brincarmos com as crianças:)
E batam palmas para o rei, para o rei, para o rei
E batam palmas para o rei, para o rei.
ou
Digamos ao rei muito bem, muito bem, muito bem
Digamos ao rei muito bem, muito bem.
ou
E os dois puseram-se a dançar, a dançar, a dançar
E os dois puseram-se a dançar, a dançar

DICA do blog: Para a música escravos de Jó, ofereça um pedacinho de madeira para cada criança, no rítmo da música, cada criança coloca a sua madeira na frente da criança que estiver ao seu lado direito e assim, durante toda a música.

A Cantiga de Roda LINDA ROSA JUVENIL é para cantar e brincar: as crianças formam uma roda; uma delas vai para dentro da roda, e é a "Rosa" outras duas ficam fora da roda e serão a "Feiticeira" e o "Rei". Seguindo as estrofes da música, cada criança deve agir de acordo com o seu personagem. Aquelas que estão na roda, devem girar e cantar ao redor da Rosa.


PARLENDAS


Alguns exemplos de parlendas:

Um, dois, feijão com arroz.
Três, quatro, feijão no prato.
Cinco, seis, chegou minha vez
Sete, oito, comer biscoito
Nove, dez, comer pastéis.
-----------------------------------
Serra, serra, serrador! Serra o papo do vovô!
Quantas tábuas já serrou?
Uma delas diz um número e as duas, sem soltarem as mãos, dão um giro completo com os braços, num movimento gracioso. Repetem os giros até completar o número dito por uma das crianças.
-----------------------------------
Um elefante amola muita gente...
Dois elefantes... amola, amola muita gente...
Três elefantes... amola, amola, amola muita gente...
Quatro elefantes amola, amola, amola, amola muito mais...(continua...)
------------------------------------–
Cala a boca!
– Cala a boca já morreU
Quem manda em você sou eu!
-------------------------------------
Enganei um bobo...Na casca do ovo!
------------------------------------
Dedo Mindinho
Seu vizinho,
Maior de todos
Fura-bolos
Cata-piolhos.

TRAVA-LÍNGUAS

*Pedro tem o peito preto,
O peito de Pedro é preto;
Quem disser que o peito de Pedro é preto,
Tem o peito mais preto que o peito de Pedro.
*A vaca malhada foi molhada por outra vaca molhada e malhada.
*Um ninho de mafagafos, com cinco mafagafinhos, quem desmafagafizar os mafagafos, bom desmafagafizador será.

*Chupa cana chupador de cana na cama chupa cana chuta cama cai no chão.
*Pinga a pipa
Dentro do prato
Pia o pinto e mia o gato.
*O rato roeu a roupa do rei de Roma.
*Três pratos de trigo para três tigres tristes.*Sabendo o que sei e sabendo o que sabes e o que não sabes e o que não sabemos, ambos saberemos se somos sábios, sabidos ou simplesmente saberemos se somos sabedores.*O Tempo perguntou pro tempo quanto tempo o tempo tem, o Tempo respondeu pro tempo que o tempo tem o tempo que o tempo tem.

DICA do blog para brincar com trava-línguas:
Dê para a criança uma rolha, ela deve recitar O TRAVA LÍNGUA o mais rápido possível, com a rolha entre os dentes. Fica bem divertido.

MÚSICA PARA BRINCAR

Aratatá
Aratatá, aratatá.
Zug, zug aratatá
Auêe, auêe, auêe
Zug, zug, aratatá
Outra Versão:
Aram sam sam
Aram sam sam
Guli guli
Guli guli guli ram sam sam
Forme um círculo com as crianças. Invente uma melodia ou fale a letra da música de forma ritmada. Depois, explique que, ao pronunciar "aratatá", os alunos devem tocar os joelhos. Ao dizer "zug", devem tocar os ombros e, ao cantar "auêe", devem movimentar os braços.
Ou
no "Aram" devem tocar os joelhos, no "Guli" devem coçar o queijo e a cabeça.Após algumas rodadas, altere os comandos da brincadeira.
Diga aos alunos que "aratatá" passa a ser a ordem para tocar o joelho do vizinho da direita.
E "zug" passa a ser o sinal para tocar o ombro do vizinho da esquerda.
O toque despretensioso entre eles é uma forma de livrar as crianças de preconceitos que possam existir.
As poucos complique as regras: todos devem cantar e fazer a roda girar, caminhando no ritmo da música. Os comandos passam a ser "aratatá" para tocar o joelho de quem vem atrás e "zug" para tocar o ombro de quem vai à frente, etc..


FONTES:
http://www.suapesquisa.com/folclorebrasileiro/folclore.htm
http://www.suapesquisa.com/musicacultura/

2 comentários:

  1. mal acaba uma festa ja temos q comemorar outra
    hihihihihihi
    beijocasss millllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllll

    ResponderExcluir
  2. Agosto é um mês cheio de datas especiais:
    -Dia dos pais;
    -Dia do estudante (não pode faltar uma lembramcinha para os alunos!!!!!!!);
    -Folclore;
    -Dia do soldado;
    -Dia Nacional do combate ao fumo;

    Beijocas!!!!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir