Seja bem-vindo(a) !


Bem Vindos - Recados Para Orkut

sexta-feira, 19 de março de 2010

Dia do circo

É uma data comemorativa muito contraditória, mas não importa.... 15 ou 27 de março. O que importa é:
Encanto, magia, sonho.
Ele faz a alegria não só das crianças, como também dos adultos. Não tem local certo, porque o artista vai onde o povo está.


É praticamente impossível determinar uma data específica de quando ou como as práticas circenses começaram.
Os artistas circenses surgiram na China, onde foram descobertas pinturas de quase cinco mil anos em que apareciam acrobatas, contorcionistas e equilibristas. A acrobacia era o treinamento dos guerreiros que necessitavam desenvolver agilidade, força e flexibilidade. Com o passar do tempo, as qualidades se uniram ao charme, a beleza e harmonia.
O circo no Brasil existe desde o fim do século 19. Ele começou com ciganos que vinham da Europa para fugir de perseguições. Entre suas especialidades incluiam-se a domadora de ursos, o ilusionismo e as exibições com cavalos. Especialidades do artista Luciano Portugal que é adestrador, cavaleiro e trapezista, e um dos motoqueiros do globo da morte. Antes de falarmos sobre Luciano, que no show apresenta quatro espetáculos, vale explicar como acontece o adestramento dos animais. Existe um certo tipo de mito em relação a estes serem machucados para que possam aprender os números que apresentam. Luciano nos explica que o adestramento ocorre através do carinho e da recompensa que o animal recebe ao estar fazendo o seu número, no caso dos cachorros que andam e se apresentam vestidos de heróis da ficção, a carne é o agradecimento do seu domador pela tarefa cumprida. Não há agressões aos animais, que para o artista Luciano são como parte da família.
O circo necessita inovar, superar limites, para que o público não perca o interesse pelo espetáculo. E foi por isso, que o circo Estoril em suas apresentações inseriram mais uma moto, apesar do perigo. Normalmente os outros circos têm por costume que o globo fique em um canto, eles o trouxeram para o centro do picadeiro. Antes da apresentação montaram uma coreografia de abertura e no tão esperado espetáculo, a música que se ouve é o ronco dos motores. Inovação que não pára por aí, eles ainda se arriscam mais e sem as mãos fazem suas manobras dentro daquele círculo.
Mas a vida no circo não é nada fácil. É necessário superar todos os problemas existentes e com o abrir das cortinas, o sorriso também é necessário aparecer. A cada dia um novo público, e depois outras cidades. E não pense que o cansaço abate estes jovens não, no domingo, por exemplo, eles fazem três sessões e ao finalizar, retoma os ensaios. No outro dia o processo é o mesmo, e apesar de ser um mundo de sonhos, os nossos artistas são pessoas comuns que trabalham arduamente, mas que vão às compras, apresentam e saem à noite para aproveitar e fazer novas amizades.
E que seja assim. Que o circo possa continuar a nos encantar com o mundo de sonhos, onde as luzes acendem, as cortinas se abrem e a fantasia acontece. Aplausos, que é a maior recompensa de um artista, a todos os circenses pelo dia mundial do circo.
Muitos comemoram o dia do circo em 27 de março, numa homenagem ao palhaço brasileiro Piolin, que nasceu nessa data, no ano de 1897, na cidade de Ribeirão Preto, São Paulo.
Considerado por todos que o assistiram como um grande palhaço se destacava pela enorme criatividade cômica e pela habilidade como ginasta e equilibrista. Seus contemporâneos diziam que ele era o pai de todos os que, de cara pintada e colarinho alto, sabiam fazer o povo rir.

Alguns objetivos que podem ser trabalhados:

Valorização da arte circense.
Aquisição de conhecimentos sobre a história do circo.
Conhecer vários tipos de profissionais que trabalham no circo.
Identificar as semelhanças e diferenças entre os animais do circo.
Identificar as ações de um integrante de um circo.
Conhecer como vive a família circense.
Desenhar figuras referentes ao circo;
.Relatar por escrito nomes de animais existentes no circo;
.Montar uma maquete de um circo;
.Pintar as carinhas das crianças;
.Citar nomes de profissões existentes no circo.
Classificar animais existentes no circo: como domésticos, selvagens, aquáticos.
Sugestões de Atividades:
*Viseiras;
*Pintura palhaço;
*Brincadeiras de circo;
*Músicas;
*Cruzadinhas com palavras chaves de personagens de circo, adivinhações...
*Assistir fita de vídeo.

Linguagem oral.

*Conversa informal sobre circo.
*Quebra-cabeça de palavras relacionadas aos personagens do circo: palhaço, elefante, trapezista, leão, macaquinho.
*Relação de produtos vendidos no circo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário