quinta-feira, 14 de maio de 2015

Sugestões de palavras e expressões para uso em relatórios

 Oi gente!!!

Todos nós educadores, sabemos que fazer relatórios e atas de conselhos de classe muitas vezes parece fácil, mas não é, sempre é bom usar termos menos pessoais e mais formais.

No caso de relatório, coloque sempre as intervenções feitas para as ações apresentadas, isto respalda  o trabalho do professor em sala de aula.

Veja algumas sugestões de frases que podem ser substituídas por termos que pensamos, mas que devemos evitar:

Você pensa: É desobediente
Você escreve: Costuma não aceitar e compreender as solicitações dos alunos; Tem dificuldades em cumprir regras…

Você pensa: Não tem limites
Você escreve: Apresenta dificuldades de auto-regulação, pois…

Você pensa: É preguiçoso
Você escreve: Não realiza as tarefas, aparentando desânimo e cansaço, porém logo parte para brincadeiras e outras atividades.

Você pensa: O aluno não sabe
Você escreve: O aluno não adquiriu os conceitos, está em fase de aprendizado…

Você pensa: fala palavrão
Você escreve: Utiliza-se de palavras pouco cordiais para repelir ou afrontar.

Você pensa: Possui distúrbio de comportamento
Você escreve: Apresenta comportamento fora do comum para sua idade e para o convívio em grupo, tais como…

Você pensa: É nervoso
Você escreve: Ainda não desenvolveu habilidades para o convívio no ambiente escolar, pois…

Você pensa: É egoísta
Você escreve: Ainda não sabe dividir o espaço e os materiais de forma coletiva.

Você pensa: Tem o costume de roubar
Você escreve: Apresenta dificuldades de autocontrole quando…

Você pensa: É agressivo
Você escreve: Demonstra agressividade em situações de conflito, usa de meios físicos para alcançar o que deseja…

Você pensa: É bagunceiro,
Você escreve: Ainda não desenvolveu hábitos próprios de higiene e de cuidados com seus pertences.

Você pensa: Muita dificuldade de aprender...
Você escreve: Aprendeu algumas noções de...., mais necessita desenvolver…

Você pensa: falta de acompanhamento...
Você escreve: Apresenta ser desassistido da família, pois…

Você pensa: É apático, distraído
Você escreve: Ainda não demonstra interesse em participar das atividades propostas; Muitas vezes parece se desligar da realidade, envolvido em seus pensamentos.

Você pensa: É mentiroso
Você escreve: Costuma utilizar inverdades para justificar seus atos ou relatar as atitudes dos colegas.

Você pensa: É fofoqueiro
Você escreve: Costuma se preocupar com os hábitos e atitudes dos colegas.

Você pensa: É chiclete ou grudento
Você escreve: É muito afetuoso, demonstra constantemente seu carinho…

Você pensa: É e dissimulado
Você escreve: Em situações de conflito coloca-se como espectador, mesmo quando está clara a sua participação.

Você pensa: É mimado
Você escreve: Aparenta desejar atenções diferenciadas para si, solicitando que sejam feitas todas as suas vontades.

Você pensa: É deprimido, isolado, anti-social
Você escreve: Evita o contato e o diálogo com colegas e professores preferindo permanecer sozinho; Ainda não desenvolveu hábitos e atitudes próprias do convívio social.

Você pensa: É tagarela
Você escreve: Costuma falar mais que o necessário, não respeitando os momentos em que o grupo necessita de silêncio.


Nenhum comentário:

Postar um comentário